Quais os riscos da bronquiolite em bebê?

É perigoso bronquiolite em bebê?

Estudos publicados em revistas cientificas importantes apontam que a bronquiolite pelo vírus sincicial respiratório pode ser uma doença muito grave nas populações que apresentam fatores de risco, como é o caso da imaturidade do prematuro e seus baixos níveis de defesas do organismo para combater doenças.

Quando a bronquiolite se torna grave?

Dificuldade para respirar e falta de ar indicam gravidade”, alerta o pediatra infectologista do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) Márcio Nehab. Não existe tratamento para a causa da bronquiolite, é possível realizar apenas tratamentos sintomáticos.

Quais seqüelas a bronquiolite pode causar?

Sequelas – Há crianças nas quais o chiado no peito pode permanecer de forma persistente ou recorrente após a bronquiolite viral aguda. Isto pode ocorrer durante semanas, meses ou até anos. Diversos fatores estão associados a esta evolução. A avaliação e acompanhamento por pneumologista pediátrico é indispensável.

Como fica um bebê com bronquiolite?

Na maior parte dos casos, os sintomas são leves e não afetam gravemente o apetite e o humor do bebê. Porém, algumas crianças podem ficar mais agitadas e irritadas que o normal, desenvolver infecção de ouvido, ter apneia e dificuldade para ingerir líquidos.
Em cache

Quando internar bebê com bronquiolite?

"O que mais nos preocupa nos sintomas é quando ela fica muito ofegante, não consegue mamar e tem dificuldade de respirar. Esse é um dos motivos em que indicamos a internação. Outro motivo para internar é quando a criança precisa de uma oferta extra de oxigênio, quando a saturação fica abaixo de 94%", disse Bonente.

Quantos dias o bebê fica internado por bronquiolite?

A criança tem coriza (nariz escorrendo) e um pouco de chiado no peito, mas fica bem em sete a 14 dias. Mas cerca de 2% delas têm dificuldade de respirar e precisam ser hospitalizadas."

Qual perigo de bronquiolite?

Complicações da Bronquiolite

Em casos graves, a doença pode impedir que suficiente oxigênio atinja os pulmões, o que pode levar a danos em outros órgãos. Em casos raros, ela pode causar uma falha nos pulmões, tornando a respiração quase impossível sem assistência.

Quando devo me preocupar com a bronquiolite?

Ligue para o médico se: O estômago ou as costelas do seu filho parecerem estar sofrendo colapso. As narinas se expandirem (ficarem mais largas) durante a respiração.

Quantos dias um bebê com bronquiolite fica internado?

A criança tem coriza (nariz escorrendo) e um pouco de chiado no peito, mas fica bem em sete a 14 dias. Mas cerca de 2% delas têm dificuldade de respirar e precisam ser hospitalizadas."

Quando se preocupar com bronquiolite?

Ligue para o médico se: O estômago ou as costelas do seu filho parecerem estar sofrendo colapso. As narinas se expandirem (ficarem mais largas) durante a respiração.

Quantos dias o bebê fica com bronquiolite?

Qual é a duração de uma bronquiolite? Geralmente, a criança melhora num período de uma a duas semanas. O regresso à creche é possível assim que a criança se sinta bem, com normalização da alimentação e sem dificuldade respiratória.

Como saber se a bronquiolite está piorando?

À medida que a bronquiolite piora, outros sintomas podem surgir, incluindo:

  1. Respirar rapidamente ou ter dificuldade para respirar (em bebês, o primeiro sinal pode ser uma pausa entre as respirações que dura mais de 15 a 20 segundos)
  2. Sibilância (som de chiado) durante a respiração, que normalmente dura uma semana.

Como ajudar um bebê com bronquiolite?

Você pode aliviar um pouco a congestão nasal com umidificador e gotas nasais salinas – com ou sem aspiração nasal. Além disso, para evitar a desidratação, certifique-se de que seu bebê tome muito líquido durante esse período. Ele pode preferir água ou suco em vez de leite.

O que é bronquiolite e grave?

A Bronquiolite Viral Aguda é caracterizada por uma infecção das vias aéreas superiores, seguido de tosse, chiado e desconforto respiratório. O quadro é causado por vírus . O diagnóstico da doença é clínico. O tratamento é de suporte, principalmente através de hidratação e oxigenoterapia.

Como curar a bronquiolite em bebê?

Os antibióticos não ajudam no tratamento da bronquiolite, por isso é preciso seguir as recomendações médicas em relação aos medicamentos que devem ser utilizados para aliviar os sintomas de bronquiolite. É preciso manter a criança bem hidratada e em repouso, além de evitar ao máximo que ela tenha contato com fumantes.

Quando internar por bronquiolite?

"O que mais nos preocupa nos sintomas é quando ela fica muito ofegante, não consegue mamar e tem dificuldade de respirar. Esse é um dos motivos em que indicamos a internação.

O que pode agravar a bronquiolite?

Entre as causas da bronquiolite figuram a inalação de poeira, fumaça e gases tóxicos, as reações induzidas por medicações e, principalmente, as infecções respiratórias provocadas por agentes virais, sobretudo o vírus sincicial respiratório e outros microrganismos que desencadeiam gripes e resfriados, como o adenovírus, …

O que acontece se não tratar a bronquiolite?

Se a bronquiolite não for tratada, pode provocar desidratação, insuficiência respiratória e evoluir para pneumonias, quando outras áreas dos pulmões são afetadas por micro-organismos.

Similar Posts