Quais os requisitos para se aposentar por deficiência auditiva?

Qual grau de surdez pode se aposentar?

Toda pessoa com surdez que tiver sua condição comprovada por laudo médico tem direito à aposentadoria da pessoa com deficiência. De acordo com oDecreto Federal 5.296/204, é considerado deficiente auditivo quem possui perda bilateral (nos dois ouvidos) de 41 dB ou mais nas frequências de: 500Hz, 1000Hz, 2000Hz e 3000Hz.

Quem tem problema auditivo tem direito a aposentadoria?

A aposentadoria especial da pessoa com deficiência auditiva é uma realidade, mas possui regras rígidas e não é fácil como alguns advogados fazem parecer por aí. Os surdos têm alguns direitos e um deles tem a ver com a aposentadoria das pessoas com deficiência auditiva que contribuem para o INSS.

Quais são os direitos para pessoa com deficiência auditiva?

Principais direitos do deficiente auditivo

  1. Passe livre. …
  2. Lei de libras. …
  3. Aposentadoria especial. …
  4. Bolsas de estudo. …
  5. Concursos públicos. …
  6. Vagas de emprego. …
  7. Auxílio do Sus. …
  8. Meia entrada.

Qual a porcentagem de perda auditiva é considerado deficiente?

165 / 4 = 41,25 dB. Essa é a média para o exemplo. Como a média está acima de 41 dB, falta apenas fazer o mesmo cálculo para o outro ouvido e ver o resultado: Se OS DOIS OUVIDOS alcançaram a média de 41dB ou mais: é deficiência auditiva por lei.

Qual tipo de perda auditiva é considerado deficiente?

Atualmente, o Decreto 5.296/04 restringe a deficiência auditiva à perda bilateral, parcial ou total, de 41 decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas frequências de 500 Hz, 1.000 Hz, 2.000 Hz e 3.000 Hz.

Como conseguir um laudo de deficiência auditiva?

É possível conseguir esse documento em hospitais e clínicas médicas. É mais fácil conseguir o documento em hospitais que você foi diagnosticado ou que faz algum tipo de acompanhamento ou tratamento, se for o seu caso. Do contrário, você pode pedir o laudo pelo SUS, de forma totalmente gratuita.

Como provar que é deficiente auditivo?

O laudo médico de surdez serve para comprovar a deficiência auditiva apenas nos casos em que a surdez do paciente é considerada deficiência auditiva pela lei brasileira.

Quem pode dar laudo de perda auditiva?

A Audiometria e a Carteirinha do Usuário de Implante Coclear (fornecida pelas empresas de IC) são documentos adicionais e não possuem validade sem o laudo médico. Tanto a Audiometria quanto o laudo devem ser solicitados ao seu Otorrinolaringologista ou no Centro de Implante responsável pelo seu caso.

Quais são os 3 tipos de perda auditiva?

Temos, portanto, três tipos de perda auditiva, caracterizados pelo envolvimento de diferentes porções do sistema auditivo: a perda condutiva atinge a orelha externa e/ou média, a perda neurossensorial atinge a orelha interna e a perda auditiva mista atinge orelha externa e/ou média e orelha interna.

Como provar que sou deficiente auditivo?

O laudo médico de surdez serve para comprovar a deficiência auditiva apenas nos casos em que a surdez do paciente é considerada deficiência auditiva pela lei brasileira.

Como conseguir o Loas para deficiente auditivo?

Para sua comprovação é necessário que sejam apresentados ao INSS laudos médicos e exames que demonstrem a perda auditiva (audiométrico e outros), bem como documentos que comprovem a limitação do desempenho de atividades e a restrição da participação social da pessoa.

Quem pode dar laudo de deficiência auditiva?

Uma das determinações é a necessidade do laudo médico, que pode ser emitido por médico do trabalho da empresa ou outro médico, que ateste a deficiência de acordo com as definições do Decreto nº 3.298/99 (artigos 3º e 4º) e com as alterações dadas pelo Decreto nº 5.296/2004.

Quem tem perda auditiva tem direito ao Loas?

A pessoa com deficiência auditiva tem direito ao LOAS? Sim, a pessoa com deficiência auditiva tem direito ao LOAS desde que não tenha renda familiar per capita superior a meio salário mínimo, tenha completado 65 anos de idade e não tenha benefício previdenciário, como aposentadoria por deficiência auditiva!

Quem tem perda auditiva pode trabalhar?

Como você bem sabe, pessoas com deficiência auditiva têm dificuldades para ingressar no mercado de trabalho. Levando isso em consideração, foi criada a Lei nº 142/2013, a qual permite que você se aposente mais cedo, desde que comprove o seu grau de perda de audição — que pode ser leve, moderada ou severa.

Qual a pior perda auditiva?

Graus de Surdez

  • Audição Normal: Limiares auditivos baixo de 25 dB.
  • Perda Auditiva Leve: Limiares acima de 25 abaixo de 40dB.
  • Perda Auditiva Moderada: Limiares acima de 40 abaixo de 70dB.
  • Perda Auditiva Severa: Limiares acima de 70 abaixo de 90dB.
  • Perda Auditiva Profunda: Limiares acima de 90dB.

Quando a perda auditiva é considerada severa?

Existe uma perda auditiva quando sons iguais ou superiores a 25 decibéis dificilmente podem ser detectados. Fala-se de perda auditiva severa quando a audição no melhor ouvido da pessoa (com o que melhor escutar), estiver entre 71 dB e 90 dB. Isso significa que sons inferiores a essa intensidade não são escutados.

Quais são os benefícios para pessoas com deficiência auditiva?

  • APARELHO AUDITIVO GRATUITO PELO SUS. O seu principal direito é o de fazer a sua reabilitação auditiva pelo SUS, sem pagar nada. …
  • IMPLANTE COCLEAR GRATUITO PELO SUS. …
  • PASSE LIVRE. …
  • MEIA ENTRADA. …
  • FILA PREFERENCIAL. …
  • COTAS EM CONCURSOS PÚBLICOS. …
  • BENEFÍCIOS DO INSS. …
  • BPC – BENEFICIO DA PRESTAÇÃO CONTINUADA.

Sou deficiente auditivo tenho direito ao Loas?

A pessoa com deficiência auditiva tem direito ao LOAS? Sim, a pessoa com deficiência auditiva tem direito ao LOAS desde que não tenha renda familiar per capita superior a meio salário mínimo, tenha completado 65 anos de idade e não tenha benefício previdenciário, como aposentadoria por deficiência auditiva!

Similar Posts