O que os principais filósofos falam sobre ética?

Quais foram os principais filósofos que falaram sobre ética?

Os pré-socráticos, os sofistas, Platão, Sócrates, os Estóicos, os pensadores Cristãos, Spinoza, Nietzsche, dentre outros dedicaram-se vivamente ao tema. Destes pensadores, destacamos Aristóteles, Maquiavel e Kant, por cada uma representar um momento de virada em relação à produção do tema.
Em cacheSemelhantes

Qual o filósofo que fala sobre ética?

Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.) foi o primeiro filósofo a tratar da ética como uma área própria do conhecimento, sendo considerado o fundador da ética como uma disciplina da filosofia.

O que Platão dizia sobre a ética?

Platão acreditava que a ética consiste em na busca pela felicidade por meio não somente do indivíduo, pois um indivíduo não pode ser feliz em uma comunidade viciosa, mas também a coletividade devem alcançar tal felicidade. Estabelecendo tais conceitos de maneira a não incutir duvidas entre aqueles que interagem.

O que é a ética para Sócrates?

Ética Socrática é aquela caracterizada por bom caráter e valores morais. A posição ética de Sócrates argumenta que o homem não é mal, mas é ignorante. Esse ponto de vista é chamado de “intelectualismo moral” e afirma que a virtude pode ser conhecida e, acima de tudo, pode ser ensinada, no princípio do “eu”.
Em cache

Quais foram os primeiros filósofos a pensar sobre o conceito de ética?

Na Grécia Antiga, período que coincide com o século IV a.C., os filósofos gregos foram os primeiros a pensar o conceito de ética, associando a tal palavra a ideia de moral e cidadania. Sócrates, Platão e Aristóteles são os pensadores gregos mais citados no campo da ética.

Quem é o filósofo considerado o pai da ética?

Sócrates : o pai da moral e da ética.

Qual o conceito de ética para Rousseau?

Para Rousseau o homem, em questão ética, tem uma tendência naturalmente boa, mas esta é sempre corrompida pela sociedade, principalmente pela ideia de propriedade privada, na sociedade o homem está em perigo ao inclinar-se para o luxo, as riquezas, e as vaidades ( a evolução social corrompe o homem.)

O que Mário Cortella fala sobre ética e moral?

A ética é o conjunto de princípios e valores que usamos para decidir a nossa conduta social. Só se fala em ética porque homens, mulheres vivemos em coletividade. Se eu fosse sozinho, não existiria a questão da ética. Afinal, ética é a regulação da conduta da vida coletiva.

O que é ética para os sofistas?

Desde os sofistas a preocupação sobre o comportamento humano faz-se presente. A ética dos sofistas era relativista, ou seja, para eles não havia normas que poderiam ser universalmente válidas, o contrário do que disse Kant séculos depois.

Qual é a ética kantiana?

A ética kantiana, por se basear no dever, é chamada ética deontológica (deon significa "dever" em grego). Kant acreditava na autonomia da razão e que os seres são plenamente capazes de agir racionalmente, motivados pelo dever, ou seja, sabem racionalmente o que devem fazer.

O que é ética para Platão e Aristóteles?

Analogia entre a ética platônica e a aristotélica

A ética como um todo analisa o comportamento humano frente a um fim determinado. Platão e Aristóteles determinam o fim da práxis humana, na concepção do primeiro é o bem, já para o segundo é a felicidade.

O que Sócrates e Platão pensavam sobre a ética?

A Ética de Sócrates e Platão A ética socrática reside no conhecimento e em vislumbrar na felicidade o fim da ação. Essa ética tem por objetivo preparar o homem para conhecer-se, tendo em vista que o conhecimento é a base do agir ético.

O que é ética para Sócrates Platão e Aristóteles?

É válido mencionar que Platão e Aristóteles viam a Ética vinculada à vida Política, sendo esta um meio da Ética, por ser o indivíduo um ser sociopolítico por natureza, ele necessita da vida em comum para alcançar a felicidade. O ser humano não consegue alcançar a plenitude moral sozinho.

O que é ética para John Locke?

No último capítulo do “Ensaio”, a ética é definida como a ciência que nos fornece as “regras e medidas das ações humanas” ( LOCKE, 2012, p. 793) que conduzem à felicidade.

O que é ética e moral para Jean Paul Sartre?

A ética é condição para que possamos viver e conviver em sociedade, respeitando o diferente e nos responsabilizando por nossas próprias escolhas. Deste modo, Sartre faz uma reflexão profunda sobre a liberdade humana, desde sua condição de existência até a suas conseqüências diretas sobre a vida do indivíduo.

O que é ser ético sobre a visão de Leandro Karnal?

Karnal continuou no diálogo entre autores para trazer o conceito por detrás da palavra ética ao público. Com Aristóteles, ele afirmou que a ética está na prática, nas ações do indivíduo e nos pequenos gestos do cotidiano. Além disso, afirmou também que a ética é a capacidade de errar, reconhecer o erro e mudá-lo.

Qual a frase mais famosa de Mário Sérgio Cortella?

Faça o teu melhor, nas condições que você tem, enquanto não tem condições melhores para fazer melhor ainda.

O que é ética para Nietzsche?

Assim, se há ética no pensamento de Nietzsche, ela deve ser compreendida como um processo necessariamente libertador daquilo que torna pequena a vida. Tendo como propósito destituir o valor da moral vigente, há em Nietzsche a criação de um amálgama das várias áreas do conhecimento (históricas, psicológica, etc.)

Similar Posts