Tabela Imposto de Renda 2019

Tabela Imposto de Renda 2019 – O Imposto de Renda é um dos assuntos mais abordados quando se inicia cada ano, uma vez que é um compromisso que deve ser cumprido pelos contribuintes. Para este ano de 2019, a declaração do IR deve ser entregue até o dia 30 de abril.

Se você tem dúvidas sobre o Imposto de Renda saiba que não é o único, pois existem muitos contribuintes que sempre ficam “perdidos” na hora de realizarem todos os procedimentos necessários.

Entretanto, o famoso Leão não é um “bicho de sete cabeças” como muitos imaginam, é importante que você tenha atenção e informe todos os dados corretamente para ter sucesso na sua declaração e receber o mais rápido possível a sua restituição nos lotes de pagamento. Mas, antes disso, preciso comentar sobre a obrigatoriedade da declaração. Me acompanhe!

Tabela Imposto de Renda 2019
Tabela Imposto de Renda 2019

Quem deve declarar o IR

Antes de falar contigo sobre as alíquotas e outros detalhes referentes ao Imposto de Renda, é importante comentar sobre quem deve fazer a declaração do IR tendo em vista que é só uma parcela que obrigatoriamente deve realizar este procedimento, algo em torno de 40 milhões de brasileiros somente em 2019. Veja abaixo quem deve declarar o IR:

  • Contribuintes que receberam ao longo de 2018 os rendimentos tributáveis que somam o valor anual acima de R$ 28.559,70
  • Contribuintes que obtiveram rendimentos considerados não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte com a soma acima de R$ 40.000,00
  • Contribuintes que obtiveram algum tipo de ganho de capital provindo da alienação de bens que seja sujeito a incidência de imposto
  • Contribuintes que realizaram algum tipo de investimento na bolsa de valores independente do valor, assim como no mercado de capitais
  • Contribuintes que optaram pela isenção do IR na realização da venda de imóveis com o objetivo de comprar outro imóvel dentro do território nacional no prazo de 180 dias a partir da assinatura do contrato de venda
  • Trabalhadores rurais que alcançaram uma receita bruta no ano de 2018 acima de R$ 142.798,50
  • Contribuintes que possuem propriedade, mesmo que terra nua, no valor acima de R$ 300.000,00
  • Estrangeiros que passaram a residir no Brasil em qualquer momento durante o ano de 2018.


Tabela Imposto de Renda – Alíquotas

A tabela Imposto de Renda Pessoa Física ou tabela IRPF é determinada pelo Governo Federal por meio de porcentuais que podem ser variáveis e que servem para a base de cálculo do valor que o contribuinte deverá pagar a Receita Federal.

Como se pode observar na imagem abaixo, cada faixa salarial possui a sua respectiva alíquota (%) e a parcela a ser deduzida. Note que quem recebe a remuneração inferior a R$ 1.903, 98 fica isento de declarar o imposto de renda 2019.

Dessa forma, você poderá acompanhar melhor o funcionamento do IR. Além disso, você pode utilizar o próprio simulador disponibilizado no site da Receita Federal para verificar a alíquota da sua declaração. Para conhecer como funciona esta ferramenta é só:


Tabela IRRF – Imposto Retido na Fonte

A tabela do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) é utilizada para a realização do desconto da tributação diretamente no salário dos trabalhadores que possuem seus vínculos empregatícios com carteira assinada.

Vale lembrar que essa retenção da tributação é obrigatória e sendo assim cabe ao empregador realizar o seu procedimento a cada início de mês subsequente a realização do pagamento, mais especificamente nos primeiros 10 dias.

Base de cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRPF (R$)
Até 1.903,98
De 1.903,99 até 2.826,65 7,5 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 636,13
Acima de 4.664,68 27,5 869,36

O IRRF não se restringe somente aos trabalhadores com carteira assinada, mas se estende a outras categorias, a saber:

  • Ganhos obtidos de negócios efetivados entre pessoas jurídicas
  • Rendimentos de trabalho pagos pela pessoa jurídica aos não assalariados
  • Royalties e alugueis que são pagos por pessoa jurídica.

E atenção: o trabalhador deve ficar atento se a retenção do imposto é realizada pelo seu empregador, caso deixe de ser realizada em algum momento, caberá ao profissional fazer o devido pagamento senão poderá ter problemas futuros com o Fisco.


Para quem é útil a tabela

A tabela do Imposto de Renda é útil para todos os contribuintes que podem consulta-la e compreender o seu funcionamento. Do mesmo modo, pode ser bastante útil para a parcela de cidadãos isentos da taxação.

E aí esclareci suas dúvidas? Opine nos comentários abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5.00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *